06 de agosto

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
21/07/21 às 15h49 - Atualizado em 21/07/21 às 15h51

MORRO DA CRUZ RECEBE ESTRUTURA PARA REGULARIZAÇÃO DA ENERGIA

COMPARTILHAR

A Neoenergia Distribuição Brasília iniciou as obras que irão POSSIBILITAR O ATENDIMENTO DE, aproximadamente, 20 mil famílias na localidade, conferindo segurança e cidadania.

Mais de 20 mil famílias do Morro da Cruz, em São Sebastião, estão mais próximas de terem o fornecimento de energia regularizado, saindo definitivamente da clandestinidade. A Neoenergia Distribuição Brasília iniciou na localidade as obras estruturantes que irão permitir aos consumidores terem acesso ao serviço de forma legal.

Nessa primeira etapa, a empresa está instalando a infraestrutura necessária para garantir a qualidade, confiabilidade e segurança na distribuição de energia. A previsão é que os primeiros 1.500 clientes tenham as ligações regulares efetuadas no próximo mês de agosto. A ação está alinhada com o Programa Energia Legal, do Governo do Distrito Federal (GDF). 


Uma rede de distribuição de energia está sendo construída para atender à nova demanda. A Neoenergia Brasília, nesta primeira fase dos trabalhos, está instalando 314 postes, 28 transformadores e 12,5 quilômetros de fiação de alta e baixa tensões. O projeto de extensão de rede está substituindo fiações desfasadas e regularizando ligações clandestinas, conferindo maior nível de segurança para a população local. 

“Mais do que impacto nas condições de segurança para a população, a retirada dos consumidores da clandestinidade leva cidadania para os moradores da comunidade. Os clientes regulares podem ter acesso a benefícios, como desconto na conta de energia. Além disso, a fatura de energia se reveste de um significado ainda maior. Para muitos, representa um comprovante de residência, documento simples, mas de fundamental importância na vida cotidiana”, comenta Caio Melo, gerente de Relacionamento com Grandes Clientes Neoenergia Distribuição Brasília.

Os clientes regularizados podem se cadastrar na Tarifa Social de Energia Elétrica, que concede até 65% de desconto na conta de energia. Para ter direito ao benefício, os clientes precisam atender aos critérios estabelecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Atualmente, cerca de 27 mil famílias no Distrito Federal são classificadas como baixa renda e têm direito ao benefício. Os moradores do Morro da Cruz também serão orientados quanto à necessidade de adequações e manutenções nas instalações internas dos imóveis.


“As obras para instalação de energia elétrica regular aos moradores de São Sebastião são resultado direto do esforço conjunto de órgãos do Governo do Distrito Federal que culminou na elaboração, pela Seduh, da Lei Complementar 986/2021, que, além de prever novas áreas, garantiu a todas aquelas passíveis de regularização a possibilidade de instalação de infraestrutura básica, como energia elétrica, drenagem, saneamento básico e asfalto.” Ressaltou o Secretário Executivo de Licenciamento e Regularização Fundiária , Marcelo Vaz.

Após o processo de regularização, os clientes também serão beneficiados com ações do Programa de Eficiência Energética, regulado pela Aneel. Os moradores do Morro da Cruz serão contemplados com distribuição de lâmpadas LEDs e substituição de refrigeradores antigos por novos. As doações dos equipamentos têm a finalidade contribuir com a economia de energia dos consumidores. A população local também será orientada com dicas de uso seguro e eficiente da energia. “Nossas ações sociais têm o intuito de conscientizar os clientes e, sobretudo, adequar a capacidade pagamento da conta de energia ao orçamento doméstico das famílias”, revela o diretor de Relações Institucionais da Neoenergia, João Paulo Rodrigues.    

DICAS DE SEGURANÇA NEOENERGIA DISTRIBUIÇÃO BRASÍLIA 
As ligações da rede elétrica devem ser feitas somente pelo eletricista da Neoenergia Distribuição Brasília. O furto de energia é muito perigoso. Além de ser crime, provoca acidentes e coloca vidas em risco

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros