28 de setembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
27/07/20 às 17h08 - Atualizado em 27/07/20 às 17h08

Comércio de São Sebastião dá exemplo em normas sanitárias

Cento e cinquenta estabelecimentos comerciais de São Sebastião foram fiscalizados. A região recebeu na última sexta-feira (24) a Operação Força Tarefa – Covid-19, que consiste em verificar se estabelecimentos comerciais e a população, em geral, estão seguindo as normas sanitárias determinadas no Decreto Distrital n°40.939.

De acordo com o auditor fiscal de Atividades Urbanas da Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística do DF (DF Legal) e coordenador da ação, Jansler Aragão, o saldo da operação em São Sebastião foi positivo. "Aqui tivemos quatro casos exemplares do cumprimento integral dessas normas, foram três academias e um supermercado. Essa prática é super positiva porque reflete não apenas a preocupação do comerciante, mas também a assimilação das normas técnicas, seja por conta própria ou por visitas nossas e da Vigilância Sanitária", esclareceu.

Por exemplo, nos locais visitados foram indentificadas a mensuração de temperatura dos funcionários e clientes, disponibilidade de tapetes de desinfecção, álcool em gel e a higienização dos equipamentos (no caso das academias).

Em outros seguimentos o cumprimento das normas foi também percebido."Não foi fácil nos adequarmos de uma maneira tão rápida e drástica, mas conseguimos e procuramos cada dia mais fazer o que as autoridades de saúde pede", relatou o dono de uma rede de supermercados José Cosme dos Santos. "Estamos aí para melhorar cada vez mais para os funcionários e clientes", finalizou

O administrador Alan Valim disse que sente felicidade e alívio em saber que população e comércio estão se adequando. "Isso é importante demais pra gente, enquanto governo não medimos esforços para ajudar em tudo, desde o início com as ações de fiscalização, entrega de máscaras e outras iniciativas do GDF com apoio da equipe da administração", destacou.

Outro ponto positivo é o uso de máscaras pelo transeuntes . Um dos locais vistoriados foi o Terminal Rodoviário. "Flagramos pouquíssimas pessoas sem máscaras, mais fácil encontrarmos cidadãos usando o equipamento de forma errada, do que sem", contou Aragão. Ele também explicou que quando abordam pessoas nessas condições, elas não se opõem a utilizar o equipamento que é entregue.

Multas

Nenhuma multa foi aplicada, de acordo com o coordenador. "Estamos na linha de reforçar a parte educativa", frisou.

As multas começam por R$ 3,6 mil para estabelecimentos comerciais e ambulantes e R$ 2 mil para quem está sem máscara. As administrações regionais desde o início fazem entregas de máscaras para os moradores. Só em São Sebastião já foram entregues mais de 15 mil unidades..

Participaram da ação, além do DF Legal, a Vigilância Ambiental; Secretaria de Transporte e Mobilidade, Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Polícia Militar; Corpo de Bombeiros Militar; Departamento de Trânsito (Detran) e Administração Regional de São Sebastião.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros